Impressão digital em tecidos: o que é e como funciona?

Impressão digital em tecidos: confira como funciona e benefícios

A impressão digital em tecidos vem se popularizando pela indústria de roupas e acessórios nos últimos anos. O que é extremamente positivo para as empresas do ramo, assim como para os consumidores finais.

Isso porque essa técnica amplia as possibilidades dos efeitos, acabamentos e modelos de estampas para as peças, tornando a produção mais diversificada, rentável e lucrativa.

Embora a maioria das empresas dessa área ainda usem outros métodos de estamparia mais antigos e tradicionais, a impressão digital é um investimento promissor, o qual já está se consagrando no mercado.

Os benefícios são diversos! Por meio dessa técnica, a produção conta com peças de alta qualidade, com maior produtividade, durabilidade e muito mais. Praticidade, agilidade e alta performance definem esse modelo de impressão. 

Então, se sua estamparia ainda não usa a impressão digital, está na hora de analisar as possibilidades de mudança para não perder dinheiro nos próximos anos. Por outro lado, se você está abrindo o seu negócio e não sabe qual técnica investir, não pense duas vezes, opte pela digital.

Tenha a tecnologia digital como aliada e terá uma produção mais qualificada, tranquila, rápida e produtiva – tudo isso por um excelente custo-benefício. Para ter tudo isso na sua estamparia, o primeiro passo é entender o que é impressão digital, como funciona e muito mais.

Além de compreender todos os seus diferenciais. Portanto, acompanhe este conteúdo para sanar todas as suas dúvidas sobre o tema e entender porque a impressão digital é o futuro – e presente – da estamparia têxtil no mundo. 

Impressão digital em tecidos: o que é?

Impressão digital é o processo de impressão que depende de um controle gerado por computador. 

Neste caso, a impressora lê os dados gráficos previamente gerados por um programa de edição e transfere essas informações digitais do computador para o material que está sendo impresso – ou estampado.

É o tipo de impressão utilizado para imprimir documentos, revelar fotos e outros materiais que estamos acostumados a ver no dia a dia. A diferença neste caso, é que ao invés de pigmentar um papel, a impressão estampa um tecido.

O funcionamento é basicamente o mesmo, o que muda é o resultado e os materiais utilizados. No entanto, antes de qualquer coisa, é muito importante entender que impressão digital é um método de impressão.

Dentro desse método, há várias técnicas, equipamentos e materiais, como a sublimação, impressão direta em tecidos, entre outras. Todas são vantajosas, mas cada técnica é mais indicada para determinado tipo de tecido, produto ou necessidade. 

Isso porque cada material tem uma característica química própria e, portanto, precisa de um processo específico para garantir a interação entre o pigmento e o tecido. 

Benefícios da impressão digital em tecidos

A impressão digital é mais tecnológica, moderna e eficiente. Por meio desse modelo de impressão é possível gerar estampas mais nítidas, com cores ainda mais próximas do que a esperada e desenhos perfeitos. 

Além disso, esse método oferece agilidade, versatilidade, alta performance e aumento de produtividade para todas as empresas que trabalham com este segmento – esse é um grande diferencial.

A impressão digital é acessível para todas as empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte. Ela atende demandas de todas as escalas, abrindo inúmeras possibilidades para esses negócios no mercado. 

Principais técnicas de impressão digital

Dentre as principais técnicas de impressão digital para tecidos está a sublimação e a impressão direta em tecidos (DTG). Ambas são excelentes alternativas, mas apresentam algumas particularidades diferentes.

Dentre elas, o modo como funcionam, já que a sublimação exige uma impressora sublimática, papéis e tintas sublimáticas e uma impressora térmica. Por outro lado, como o nome indica, com a DTG, a impressão é feita diretamente na peça – como uma máquina comum imprime no papel sulfite, por exemplo.

A sublimação é mais indicada para poliéster e outros tecidos sintéticos, por conta da temperatura. Já a DTG pode ser usada em algodão puro, viscose ou com fibras celulósicas naturais, entre outras possibilidades.

Ambas as alternativas oferecem estampas bonitas, vibrantes, nítidas e duradouras. Vale muito a pena!

Onde adquirir impressoras DTG e de sublimação com confiança?

A Global Química & Moda é uma das distribuidoras oficiais da Epson no Brasil, a marca líder mundial em impressões digitais. Por este motivo, sempre alertamos para que as pessoas optem por máquinas e equipamentos de qualidade.

Caso contrário, toda a tecnologia por trás desse método não valerá de nada. É fundamental contar com tintas de qualidade, impressoras de alta performance e todo tipo de material de confiança.

Somente assim será possível desempenhar um bom trabalho com a impressão digital, independentemente da técnica escolhida. Pesquise bastante e estude as opções Epson, elas são de alta qualidade e excelente custo benefício.

Se optar por elas, conte conosco. Oferecemos todos os produtos de impressão digital para tecidos da marca no Brasil, com confiança, entregas rápidas e seguras. Entre em contato!

Language